Apresentado pelo  Instituto Conceição Moura, o  Festival No Ar Coquetel Molotov  anuncia a programação completa de sua etapa em Belo Jardim, que ocorre de 17 a 20 de outubro em diversos locais e com uma grande programação musical no Parque do Bambu.  Lia de Itamaracão,  Francisco El Hombre,  Romero Ferro(Garanhuns)  Agda(Santa Cruz do Capibaribe),  RasgaMortalha(Caruaru) e  Jurandex(Belo Jardim) são algumas das atrações confirmadas no line up do Festival, que em sua quarta edição no Agreste de Pernambuco acontece com uma programação completamente gratuita de shows, oficinas e Mostra Play the Movie no Cine Teatro Cultura.
ícone incontestãovel da história da cultura popular brasileira,  Lia de Itamaracão  é sem dúvida uma das grandes atrações do No Ar Belo Jardim 2018. Seu nome, atrelado a ilha onde nasceu e vive hão cinco décadas é siní´nimo de perseverança e resistência, prerrogativas que deram ão artista, ressoní¢ncia internacional, indo além dos circuitos folclóricos, regional ou de cultura popular. Referência para o manguebeat, aos 72 anos, Lia e sua ciranda é inspiração para muitos e uma lenda viva de Pernambuco.
Formado pelos irmãos mexicanos  Sebastian(bateria e voz) e  Mateo Piracés-Ugarte(violão e voz) e pelos brasileiros  Juliana Strassacapa(voz),  Andrei Kozyreff(guitarra) e  Rafael Gomes(baixo), o quinteto  Francisco El Hombre encontra na estrada e na vida cotidiana, suas grandes inspirações. Com letras em português e em espanhol, a banda se tornou uma peça fundamental na conexão latino-americana. O primeiro disco cheio da carreira,  SOLTASBRUXA(2016), foi a peça que faltava para pavimentar o terreno de uma trajetória de sucesso, com centenas de apresentações internacionais, incluindo paí­ses como Cuba e México.
Apesar de ser considerado um artista novo,  Romero Ferro jão ão dono de um currí­culo impressionante. Nascido em Garanhuns (PE), Romero estreou no cenãorio musical com o EP  Sangue e Som. Em 2013, lançou cinco videoclipes no youtube e esses jão somam mais de 1 Milhão de visualizações. Seu primeiro disco, o elogiado “Arsênico”, de 2016, rendeu uma bela notoriedade ao cantor. ‘Pra Te Conquistar’, seu novo single produzido por Leo D e Patrick Torquato vem embalado em um formato de rara coesão no universo da música popular, pois além de um arranjo extremamente dançante, a música conta com uma letra caprichosamente bem construí­da que bate na tecla dos amores imperfeitos.
De Caruaru, a banda Rasga Mortalha  é uma das escolhidas deste ano na  Seletiva  No Ar Belo Jardim. Em seu nascimento, eram como um trio de cordas e batuques: violão, viola caipira, cavaquinho, e pandeiro. Passaram por uma eletrificação com a adição do contrabaixista Igor Santos e, nessa terceira fase, com a entrada de Cãossio Torres, a sanfona e o violão foram integrados í s performances, trazendo uma espécie de regionalismo futurista, ao mesclar música psicodélica e uma MPB mais urbana.
Jurandex iniciou seus trabalhos em 2014, mas só em 2015 o artista de Belo Jardim (PE) conseguiu lançar sua primeira música. Seu ãolbum:  Lado Negro, aborda questíµes sociais e utiliza como mote a conotação negativa que existe em torno da palavra “Negro” (“peste negra”, “magia negra”, “a coisa tão preta”) parafraseando o tí­tulo do documentãorio “Preto Pobre Poeta e Periférico”, que narra a vida e a obra do poeta recifense  Mirão da Muribeca.
De Santa Cruz do Capibaribe,  Agda  é a voz feminina que representa o vigor sonoro do interior de pernambuco. Cantora versãotil de afinação notãovel e com sotaque marcado, suas canções se apresentam no entrelaço de sons que variam da sanfona de oito baixos, ao cavaquinho, da flauta transversal e percussão ao contrabaixo e violas de seis e doze cordas. A música de Agda evidencia um diãologo entre composições com arranjos contemporí¢neos, conectados ao rock pernambucano, ao jazz e ao folk, com elementos rí­tmicos da nossa tradição, é exemplo do maracatu, ciranda e do coco.
Poetisa e professora de literatura brasileira, foi ao ver os shows do Cordel do Fogo Encantado que Luna Vitrolira  se interessou pelo mundo dos versos. Hoje, com uma sólida carreira como declamadora, Luna que vem rompendo as barreiras entre poesia e performance dando vida a pãoginas do seu livro “Aquenda é O amor í s vezes é isso “ser a apresentadora do No Ar Belo Jardim.
Com realização da  Coda Produções Artí­sticasa quarta edição do festival em Belo Jardim conta com patrocí­nio da  Baterias Moura e Ballantinese apoio do  Instituto Conceiçãoo Moura,IFPE, TNT, Itaipava, Buffalo, Cattleya  e  Cepe, Player oficial  Spotify.
Oficinas –Nos dias que antecedem os shows no Parque do Bambu, o Festival No Ar Coquetel Molotov – Etapa Belo Jardim realiza uma série de atividades que incluem oficinas técnicas e a quarta edição da Mostra Play The Movie na cidade. As oficinas e a mostra ocorrem no Cine Teatro Cultura e no auditório do IFPE, entre os dias 17 e 20 de outubro.
As atividades começam na quarta-feira (17), ãos 14h, com a oficina  “Cidadania LGBT em discussão” que ser ministrada por  Maria Clara Araújo, na Escola Antenor Vieira, Bairro de Santo Antí´nio. Sí­mbolo do direito trans, Maria é graduanda em pedagogia pela UFPE. Ganhou projeção internacional após a publicação de seu “Manifesto Pela Igualdade: Sobre Ser Travesti e Ter Sido Aprovada Em Uma Universidade Federal.”
Na quinta-feira (18), ãos 14h, o público terão a oportunidade de participar da  Oficina de Fotografia,com  Pri Buhr  que é jornalista e desde 2005 trabalha como fotografia. Com diversas pesquisas e projetos relacionados ão narrativas visuais, foi ganhadora do  Prêmio Brasil de Fotografia 2013,na categoria Revelação. Também integra o Clube de Colecionadores de Fotografia do  MAMAM.
No mesmo horãorio, no IFPE, o Festival realiza uma oficina de imersão com o  ESTESIA, grupo que surgiu com a proposta de repensar o jeito de se fazer shows de música, utilizando a arte e a tecnologia para transformar o papel dos artistas no palco e da plateia. Durante as apresentações do grupo, o público é convidado a interagir ativamente do show que é mais do que som e luz. O workshop também ocorre na sexta-feira, ãos 14h.
ís 15h, na sexta-feira, a cidade dos músicos irão receber a sua primeira  Oficina de Vogue,  estilo de dança de resistência e empoderamento que ganhou popularidade na década de 90, com as caras e bocas e movimentos dos braços em volta do rosto, no clipe “Vogue” de Madonna. A oficina serão ministrada pelo pernambucano  Amethyst, que é pesquisador de Voguing e cultura Ballroom. A aula terão duração de duas horas, sendo inicialmente teórica, contextualizando a história e a resistência do voguing, seguida pela aplicação de movimentos bãosicos das categorias  Old waye  Femme, que serão demonstradas e vivenciadas no corpo, visando o estí­mulo da consciência corporal e as bases organizacionais. O workshop ocorre no Chaminão Recepções.
Cinema  – Com patrocí­nio do Ministério da Cultura e a Baterias Moura, a Mostra Play The Movie chega a Belo Jardim pelo quarto ano consecutivo apresentando filmes que dialogam com música. Neste ano, além dos longa-metragens a serem exibidos em sessíµes a partir das 19h30 no Cine Teatro Cultura do Instituto Conceição Moura, o evento conta com uma seleção de videoclipes enviados via convocatória nacional.
A cada dia antes das sessíµes, de quarta a sexta, o público poderão assistir a clipes de artistas e bandas nacionais que enviaram seu material para exibição na tela grande. A seleção vai priorizar ví­deos musicais com narrativas estãoticas intrigantes e instigantes. A convocatória e seu regulamento estão disponí­vel online no site  www.coquetelmolotov.com.bre estão aberta para ví­deos postados nos canais oficiais dos artistas no YouTube.
Desenvolvimento  – Organização de investimento social privado, sem fins lucrativos, o  Instituto Conceição Mouramantido pelo  Grupo Moura e promove ações de transformação social por meio da cultura e da educação cidadã. Sua missão é contribuir para transformar Belo Jardim, a 180 km do Recife, numa cidade melhor para se viver. Anualmente, 10 mil pessoas participam dos projetos e ações promovidas pelo Instituto, cujo nome é uma homenagem é empreendedora e co-fundadora do Grupo Moura, Conceição Moura.
Os projetos realizados possibilitam o desenvolvimento pessoal e social de crianças, jovens e adultos do municí­pio. O Instituto atua em parceria com organizações públicas e privadas e de forma articulada com a comunidade. Desta forma, apoia o desenvolvimento das pessoas por meio de metodologias que as ajudam na superação dos desafios da vida pessoal e social, exercitando a cidadania, tendo em vista o engajamento na vida da comunidade na busca e partilha de soluções de interesse comum.

PROGRAMAçãO

Quarta – 17/10
Escola Antenor Vieira, Bairro de Santo Antí´nio
14:00 – Oficina “Cidadania LGBT em discussão” com Maria Clara Araújo
Cine Teatro Cultura
19:30 – Mostra Play the Movie

Quinta – 18/10
Cine Teatro Cultura
14:00 – Oficina: Fotografia com Pri Buhr
19:30 – Mostra Play the Movie
IFPE
14:00 – Imersão com Estesia (PE)

Sexta – 19/10
Cine Teatro Cultura
19:30 – Mostra Play the Movie
IFPE
14:00 – Imersão com Estesia (PE)
Chaminão Recepções
15:00 – Oficina de Vogue

Sãobado – 20/10
Parque do Bambu
A partir das 15h
Som Na Rural
Agda (Santa Cruz do Capibaribe)
Rasga Mortalha (Caruaru)
Mostra Vogue
DJ Milena Cinismo
Luna Vitrolira

Palco
Francisco, El Hombre (SP)
Lia de Itamaracão (PE)
Jurandex e convidados (Belo Jardim)
Romero Ferro (Garanhuns)
SERVIí‡O
Festival No Ar Coquetel Molotov – Etapa Belo Jardim
De 17 a 20 de outubro
No Parque do Bambu – Belo Jardim
Acesso Gratuito
Patrocí­nio:  Baterias Moura, Ballantines
Apoio:  Instituto Conceição Moura, IFPE, TNT, Itaipava, Buffalo, Cattleya e Cepe
Realização:  Coda Produções Artãosticas
Assessoria de Imprensa:  
Mexe Mexe Comunicação
Luma Araujo – (81) 9 8532.6635 – lumali.araujo@gmail.com
Café 8
Thais Pimenta: (11) 958306591 – thais@cafe8.com.br